Atendimento: Segunda a Sexta-feira das 09:00 às 18:00.

Como aliviar azia e queimação: 5 dicas naturais para combater o problema

Se você está lendo este artigo deve querer saber como aliviar a azia e queimação, não é mesmo? Geralmente, essa sensação é causada pela má digestão dos alimentos ou ainda pelo refluxo, isto é quando o conteúdo que está no estômago sobe pelo esôfago causando um desconforto que piora muito ao ficar deitado.

Já a azia acontece quando a válvula que temos no esôfago não está em pleno funcionamento. Ou seja, quando a válvula não está liberando a passagem do alimento e ao mesmo tempo bloqueando o retorno dele, assim como o suco gástrico.

Então, quando isso não acontece, o ácido que é gerado pelo nosso organismo para digerir os alimentos retorno pelo esôfago o que gera a sensação desconfortável de queimação.

Tanto a azia quanto a má digestão são comuns no início e no final da gravidez, por exemplo. Mas, existem estratégias para aliviá-las de forma natural. Tais como, tomar água gelada, comer maçã e tentar relaxar. Quer saber como amenizar a azia e queimação de forma natural? É só ler o artigo até o final.

Dicas naturais para aliviar a azia e queimação

Existem alguns alimentos que podem te ajudar a aliviar a azia e a sensação de queimação no estômago. Então, fique atento e inclua-os em sua dieta, entretanto não esqueça de melhorar sua qualidade de vida praticando exercícios físicos, tendo um sono de qualidade e momentos de lazer e bem-estar.

Confira abaixo alguns alimentos que vão te ajudar a aliviar a azia e a queimação.

  1. Mamão e abacaxi

Duas frutas conhecidas por suas por suas propriedades digestivas, o mamão e abacaxi além de disporem de grandes quantidades de fibras digestivas ainda possuem bromelina e papaína, que são enzimas digestivas potentes que auxiliam a digerir alimentos com alto teor de proteínas, como no caso das carnes.

  1. Fibras

As fibras podem ser consideradas como carboidratos digeríveis pelo organismo e uma das suas principais funções é regular o funcionamento intestinal. Mas, para que as fibras possam desempenhar seu papel corretamente no organismo é necessário um maior consumo de líquidos, principalmente água, no decorrer do dia.

  1. Chá verde

Provavelmente, você já deve saber que o chá verde tem efeito antioxidante, mas além disso a bebida ainda possui a capacidade anti-mutagênica, que oferece proteção ao fígado. 

  1. Gengibre

O gengibre é muito utilizado para aliviar a azia, má digestão ou qualquer outro problema que possa afetar o trato digestivo, como dores abdominais e náuseas. Ao consumi-lo o funcionamento do intestino melhora. Ele ainda ajuda na aceleração do esvaziamento gástrico.

  1. Iogurte

Ele acelera a produção de boas bactérias, ou seja o iogurte é um probiótico poderoso que ajuda a melhorar a flora intestinal e ainda evita a prisão de ventre. Ao consumi-lo você ainda pode potencializar sua ação incluindo fibras, cereais integrais ou frutas digestivas.

A alimentação pode ser a causa do problema

Da mesma forma que alguns alimentos ajudam a aliviar a azia e a queimação outros podem ser o gatilho propulsor. Só para exemplificar, o consumo de salsichas, enlatados, temperos industrializados, bebidas gaseificadas, frituras, chocolate e café podem acarretar o problema. Então, se você sofre de má digestão ou azia fique longe deles.

Além de evitar a ingestão desses alimentos é importantíssimo que você mastigue os alimentos várias vezes e lentamente. E mais, para manter a azia e a má digestão longe é aconselhável não deitar logo após comer e não beber líquidos durante suas refeições.

Cuidados que vão além dos remédios naturais

Como você viu até aqui, manter uma boa dieta, rotina de exercícios e momentos de lazer são importantes para ajudar no funcionamento do organismo como um todo, mas para aliviar a azia e a má digestão existem alguns cuidados que vão além dos remédios naturais, acompanhe:

  • não fume;
  • não fique acima do peso;
  • evite alimentos gordurosos;
  • eleve a cabeceira da cama;
  • evite situações estressantes;
  • faça pequenas refeições durante o dia;
  • procure dormir deitado de lado, de preferência sobre o lado esquerdo.

Gostou das nossas dicas? Caso os sintomas estejam presentes em mais de 15 dias por mês o ideal é que você procure avaliação de um dos médicos da Clínica Zupo.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *